Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Customizador curitibano recria em fibra dois clássicos modelos Ford: um Model T 1927 e um Model A 1931

Texto: Vitor Giglio
Fotos: Ricardo Kruppa

Ford T 1927 e Ford A 1931

O rodder curitibano Leandro Diego Silva Bochesko, de 38 anos, trabalha há sete como customizador de hot rods. Ao longo deste período, contabiliza 35 chassis e mais de 20 modelos circulando por aí, todos de sua autoria. Só na Revista Hot Rods, ele já emplacou nove deles. Em comum, todos os seus projetos possuem carroceria de modelos históricos e mecânica atualizada, robusta e confiável. O motivo? Ele mesmo explica. “Eu faço carros para rodar, para serem usados no dia a dia, como meio de transporte ou ferramenta de trabalho, não apenas para virarem relíquia dentro de uma garagem”, afirma o profissional.

Suas duas novas crias ilustram juntas esta reportagem e possuem muito mais em comum do que seu visual dá a entender. Os modelos, cujas carrocerias foram recriadas em fibra, são ambos exemplares Ford. Trata-se de um Ford T 1927, estilo Lakester, e uma picape Ford A 1931.

Model T 1927

Bochesko revela que todo projeto tem início a partir da troca de ideias com seu primo, e colaborador de Hot Rods, Aurélio Backo. A intenção da dupla é sempre criar carros exclusivos, com traços e características únicas, de maneira que nenhum carro criado por eles tenha semelhante circulando por aí. E no caso do Ford T 1927, não é diferente.

A carroceria foi recriada em fibra e recebeu a coloração vermelha, criada especialmente para o projeto. A caçamba foi alargada e o colete, na frente, é longo. O para-lama utilizado é do modelo 1931. Faróis são do Lakester. “O carro não é, de fato, tão baixo quanto parece. Ele é bom pra andar, gostoso e confortável”, frisa o criador do projeto.

Bochesko afirma que outra preocupação era utilizar peças nacionais, para baratear o custo do projeto. “É importante mostrar para as pessoas que dá pra montar um Ford com peças mais acessíveis também. Não é só com peças importadas que se faz um hot rod legítimo”, defende, com razão. Os pneus dianteiros são oriundos do Fusca, de 15”, sendo que as rodas foram feitas especificamente para eles. Atrás, o conjunto rodas/pneus é da Ford Rural.

No interior, os relógios no painel são da Willtec, enquanto o volante é originário de um Chevrolet 1933. Os pedais são handmade e o banco foi desenvolvido de maneira que, mesmo sem oferecer opções de regulagem, se ajuste a motoristas de qualquer altura. “Eu tenho 1,93 m e dirijo com facilidade, da mesma maneira que uma pessoa de 1,70 m faria”, garante.

Model A 1931

Uma picape com um interior pra lá de aconchegante. Esse é o Ford modelo A 1931, o outro protagonista desta reportagem. Revestimento interno todo em couro, com nova forração e estofamentos.

No painel, relógios importados Dolphin, volante também importado e pedais feitos artesanalmente sob medida para o Fordinho. Além disso, um sistema de som acompanha, para embalar viagens e deslocamentos mais longos. “O objetivo nesse caso era criar um interior agradável para seus ocupantes, com o máximo de conforto e entretenimento, privilegiando também a estética”, afirma Bochesko.

Por fora, a carroceria foi igualmente recriada em fibra e, neste caso, foi pintada em preto. A única disparidade do modelo original é o teto, que aqui foi rebaixado. Pneus e rodas de Rural, com calota, calçam o modelo A.

Os faróis são importados e a grade simula a original. O para-choque também foi feito sob medida para copiar o original.

Receita compartilhada

Se por fora eles parecem (e são) modelos tão diferentes, em suas entranhas os Fordinhos de Bochesko são gêmeos. A suspensão de ambos é independente na frente e a única diferença é que, enquanto o T usa four link com coilover atrás, a picape usa feixe de molas.

A motorização também é idêntica. Ambas foram montadas sobre o conjunto mecânico do Opala, e possuem motor Chevrolet 4 cilindros 2.5 com carburador duplo.

Outro fator em comum é que os dois modelos estão à venda, mas, como todos os projetos de Bochesko caem nas graças do público rapidamente, é bom você se apressar caso esteja interessado. Caso contrário, basta dar mais alguns meses ao profissional, e esperar para ver o que as mãos do customizador irão preparar para a próxima ocasião.

Quem fez:

Bochesko Hot Rods. Tel. (41) 9830-7071

Ficha técnica

Ford Model T 1927

Parte externa

Carroceria em fibra

Para-lama do Ford 31

Rodas de 15”

Pneus do Fusca na dianteira

Roda e pneus da Ford Rural atrás

Pintura vermelha personalizada

Farol do Lakester

Parte interna

Relógios Willtec

Volante da Chevrolet 33

Pedais personalizados

Mecânica

Motor Chevrolet 4 cilindros 2.5

Carburador duplo

Suspensão dianteira independente

Suspensão traseira 4 link com coilover

Ficha técnica

Ford Model A 1931

Parte externa

Carroceria em fibra

Teto rebaixado

Faróis importados

Grade personalizado

Para-choque personalizado

Pneus e rodas da Rural

Parte interna

Relógios Dolphin

Pedais Bochesko

Volante importado

Som

Mecânica

Motor Chevrolet 4 cilindros 2.5

Carburador duplo

Suspensão dianteira independente

Suspensão traseira feixe de mola

VEJA TAMBÉM: Ford 1941: A alma do negócio.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA