Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Eu sei…é o seu. E você, está esperando o quê? Agora é uma boa hora para uma voltinha, seu hot está na garagem, ansioso, esperando por você, então não perca tempo e bom passeio

Texto: Manoel G. M. Bandeira
Fotos: Divulgação

Quem toma a decisão de construir, ou mandar construir, seu primeiro hot rod, muito provavelmente não tem ideia do grau de dificuldade que envolve este trabalho. Com o andamento do projeto e, consequentemente, o surgimento das primeiras dificuldades, é que o novo rodder verá que construir um carro requer muito estudo e dedicação. Principalmente se ele não quer correr o risco de que seu projeto seja algo completamente descaracterizado, sem identificação alguma com o movimento Hot Rod.

É claro que a base da construção de um hot é a criatividade. Porém o limite para se criar é determinado pela lógica comparativa com o restante dos hot rods e, principalmente, com as tendências históricas de um movimento que surgiu praticamente junto com a invenção do automóvel.Hot-132_web-123

Um dia desses recebi, pelo Facebook, algumas fotos de uma picape Chevrolet 1951. O proprietário simplesmente substituiu a frente do carro por uma frente da picape Ford F250 moderna. Imagino que ele deva ter substituído também outras partes do carro. A caminhonete foi transformada em cabine dupla, ou seja, não é nem uma coisa nem outra, não é mais um carro antigo, nem moderno, muito menos um hot rod. Espero que seu proprietário tenha gostado do resultado.

Use somente peças antigas

Voltando ao que interessa, o projeto e a construção de um hot rod, como já dissemos em outras oportunidades, depende muito da criatividade do seu construtor e projetista. Uma boa pedida para minimizar a chance de erro é utilizar somente componentes antigos, pelo menos no que diz respeito à carroceria e detalhes estéticos, geralmente peças que tenham equipado carros fabricados até 1960.

Mas o simples fato de utilizar somente peças antigas não garante o sucesso do projeto. É preciso também uma boa dose de bom gosto, consultar amigos, pesquisar bastante. Uma boa pedida também é participar de um clube de Hot Rods e principalmente frequentar eventos, tantos quantos puder, já que é nesse ambiente que você definirá vários detalhes sobre o seu novo companheiro.

Hot-132_web-124

Então, qual é o hot rod mais bonito do Brasil? É muito difícil julgar algo tão pessoal. O que é absolutamente lindo para alguns é brega e cafona para outros. Às vezes vejo rodders que constroem seus carros com tantos detalhes que acabam ofuscando o “todo” do projeto, chamando a atenção para alguns detalhes espalhafatosos, que acabam escondendo o próprio desenho do carro. Um exemplo clássico é a pintura camaleão, aquela que muda de cor dependendo do ângulo que você olha. Ela descaracteriza totalmente o desenho da carroceria.

Nos Estados Unidos existem muitos concursos que seguem regras pré-elaboradas de julgamento. Mas, mesmo assim, a opinião pessoal da comissão de avaliação ainda tem o maior peso na hora da decisão. Na grande maioria das vezes os carros vencedores não são absurdamente ricos em enfeites e detalhes espalhafatosos quer seja na pintura, na mecânica e ou na parte interna do hot. Os campeões espelham o bom gosto de seus criadores e o capricho em cada detalhe.

Infelizmente aqui no Brasil estamos muito distantes de poder realizar um concurso de hots. Não acredito que tenhamos uma história suficientemente sólida sequer para criarmos uma comissão com condições de julgar os carros concorrentes. No Brasil ainda se dá muita importância para a quantidade de enfeites e a riqueza (mesmo que excessiva) de detalhes, muitas vezes extravagantes demais.

Valorize o simples

Construa seu hot de acordo com o seu gosto. Acredito que a simplicidade às vezes pode valorizar mais o projeto, desde que o serviço seja realizado com capricho e boHot-132_web-125m gosto.

Você pode ter certeza que, por melhor que seja seu hot rod, existirá uma legião de gente disposta a criticar e encontrar defeitos nele. E justamente para evitar estes comentários que, nos últimos anos, cresceu tanto a vertente dos Rat Rods em todos os cantos do mundo.

No Brasil vivemos um problema a mais, devido à instabilidade na economia e ao alto valor alcançado pelos hot rods. É muito comum vermos pessoas que passam dois, três, cinco anos e às vezes até mais tempo, construindo um carro, e quando este fica pronto, acabam vendendo em seguida. O que acontece é que o valor dos carros é muito alto para a nossa realidade, e já vi muita gente comentando que é um absurdo ter tanto dinheiro parado na garagem.

A verdade é que hot rod é uma paixão, e quem se dispõe a entrar neste mundo deve se dar o direito de desfrutar dele. O certo mesmo é construir um carro que seja utilizável, o certo mesmo é desfrutar do seu projeto, aproveitar, curtir, passear e, principalmente, viajar com seu hot rod. A vida é muito curta, então, se não vale a pena ter tanto dinheiro assim parado na garagem, em vez de vender seu hot, ande com ele, desfrute dele e seja feliz, afinal qual é mesmo o hot rod mais bonito do Brasil? Eu sei…é o seu. E você, está esperando o quê? Agora é uma boa hora para uma voltinha de hot rod, seu hot está lá na garagem, ansioso,esperando por você, então não perca tempo e bom passeio.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA