Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Advogado paulistano importa Dodge Dart 1971 com motor de 360 polegadas cúbicas para competir na categoria Extreme 10,5” (XTM) de arrancada

Texto: Arnaldo Bianco Filho
Fotos: Augusto Padeiro

O advogado José Santiago Cordeiro, 35 anos, morador da cidade de São Paulo (SP), sempre sonhou em ser piloto e hoje corre em várias modalidades do automobilismo. Para participar das provas de arrancada, ele trouxe para o Brasil um excusivo Dodge Dart Swinger ano 1971. A paixão por motores V8 surgiu quando Cordeiro foi morar fora do país. Na terra dos muscle car, Cordeiro trabalhou como policial e para patrulhar era “obrigado” a dirigir um Chevrolet Caprice V8. Isso sim é trabalho prazeroso!

Legalizado

Este Dodge Swinger foi comprado por Cordeiro na Flórida (EUA), de uma oficina conceituada de carros com motor V8 preparados. O carro ganhou vários prêmios por lá, em provas de arrancada. No país de origem, o modelo andava sem problemas e ao chegar ao Brasil o “Dojão” foi legalizado e emplacado para poder rodar nas ruas. Com 360 polegadas cúbicas de deslocamento volumétrico – para transformar polegadas cúbicas em centímetros cúbicos, multiplique o valor em polegadas por 16,4 – então com seus 5.9 litros o Dodge Dart Swinger tinha a fama nas pistas americanas de ser um “10 second car”, carro capaz de percorrer 402 metros em dez segundos, ou menos, a partir da imobilidade. Essa capacidade ocorre devido à preparação “gringa” que usa um carburador Holley quadrijet de 750 cfm – pé cúbico por minuto – taxa de compressão na casa dos 9:11 e avi gás (gasolina de aviação) como combustível.

Um comando de válvulas Mopar com graduação simétrica de 288º, feito para funcionar com tuchos hidráulicos, é responsável por levar o giro do motor acima das 7.000RPM. Pistões e bielas são forjados da marca Mopar, como toda preparação de Dodge manda nos EUA. Uma garrafa de óxido nitroso foi instalada no porta-malas e acrescenta 125 cavalos à preparação, gerando uma potência total de 400 cv. O sistema de ignição secundário MSD – que produz a faísca – vai da bobina passando pelo distribuidor e corre pelos cabos até chegar às velas. Os 42 kg de torque do big block chegam às rodas por meio do câmbio automático com conversor de torque Mopar e são distribuídos no asfalto pelos pneus Hoosier Street com medida 275/50 – 15 “semi-slick”.

entado no banco concha o piloto tem à sua frente – do lado de fora da cabine – o marcador de combustível com escala até 15 PSI, ou 1 bar. Além deste manômetro, a instrumentação interna é composta por conta-giros, velocímetro, manômetro de pressão de óleo, temperatura de água, voltímetro e marcador de combustível. Tudo da Auto Meter, linha Sport Comp.

Insaciável

Há pouco, o Dodge Swinger de Cordeiro ganhou um novo fogger para despejar mais gás do riso e aumentar a cavalaria, já que não havia o que fazer no motor. “Meu objetivo era ganhar o campeonato 2011 de arrancada do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo) na minha categoria”, diz. Capacidade ele tinha de sobre. E foi dito e feito.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA