Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

­­Fique por dentro das expressões mais utilizadas entre os rodders e não “pague mico” em conversas e nas redes sociais

Texto: Aurélio Backo
Fotos: Divulgação

Vocabulário Hot Rodding parte 2

Nunca as pessoas escreveram tanto como nos dias do hoje! Não com lápis ou caneta, mas digitando em teclados digitais de celulares e computadores. E aqui, mais uma vez, listamos termos que se relacionam ao mundo do hot rodding que vão facilitar aquelas conversas animadas ao redor dos carros antigos, ou as intervenções nas redes sociais.

Chopped
Chopped

Chopped: Este termo é falado numa forma “abrasileirada” como “chopado” (a palavra em inglês se pronunciaria algo como “tchióped”). A palavra em inglês significa cortado ou picado e se refere a um carro que teve o teto cortado e abaixado. O objetivo desta intervenção era diminuir a área frontal para melhorar a aerodinâmica do carro. Inicialmente a intervenção era feita apenas nos modelos dos carros das décadas de 20 e 30 que tinham um formato mais reto no teto. Mas a melhora estética do veículo, que visualmente parecia maior e mais agressivo, estimulou o rebaixamento dos modelos arredondados das décadas de 40 e 50, uma intervenção muito mais trabalhosa (na imagem um Ford 32 com teto rebaixado ao extremo).

Roadster

Roadster: A tradução deste termo seria algo como “estradeiro” e designa um carro aberto de dois lugares, em geral da década de trinta. Seu porta-malas longo pode ser equipado com um banco adicional e transportar mais dois passageiros. Este banco é chamado de “banco-de-sogra” – os passageiros ficam expostos ao vento, poeira e se molham numa eventual chuva…

(na imagem um Studebaker 1928)

Cabriolet

Cabriolet: Este seria algo como um roadster de luxo. Enquanto o roadster tem cortinas plásticas nas laterais, o cabriolet tem vidros que sobem e descem. Não é muito popular para montagem de hot rods pela maior raridade e pelo seu aspecto mais luxuoso do que esportivo. (na imagem Nash 1929)

Phaeton

Phaeton: Modelo aberto e de quatro portas produzido até a década de 40. Não é muito apreciado para a montagem de um hot rod, talvez porque, como se dizia até a década de 80, quatro portas é táxi! (na imagem uma Oldsmobile 1930).

Coupe
Coupe

Coupe: O coupe é um carro fechado feito para levar o seu dono, portanto, é sempre duas portas. Outra característica é o porta-malas longo, em especial até a década de 40. Depois do roadster este é o preferido para a montagem de um hot rod (na imagem Nash 1929).

Três Janelas

Três Janelas: Esta expressão é usada para chamar o coupe que tem nas laterais apenas as janelas das portas. A contagem seria uma janela para cada porta e uma na traseira. A pegadinha aqui é que o para-brisa nunca é contado (na imagem Ford 1936).

Cinco Janelas

Cinco Janelas: Se o coupe tem janelas laterais após as portas, este é chamado de “5 janelas”. Este termo não existiria se não houvesse num mesmo ano e fabricante, modelos coupe com e sem estas janelas adicionais. Um bom exemplo é o Ford que em vários anos oferecia as duas versões num mesmo ano, como, por exemplo, em 1936 (na imagem Ford 1936).

Sedan

Sedan: Um carro sedan seria algo como um carro “normal” (considerando que nossa ênfase são carros americanos até a década de 70). O sedan tem carroceria fechada, um banco dianteiro e outro traseiro, duas ou quatro portas, e estas portas sempre tem molduras fixas ao redor das janelas (na imagem um Plymouth 1951).

Tudor

Tudor: Nome adotado pela Ford de 1928 até 1948 para seus carros sedan de duas portas. A origem deste termo vem de “two-door”, que significa “duas portas” (na imagem Ford 1937).

Fordor

Fordor: Nome adotado pela Ford de 1928 até 1948 para seus carros sedan de quatro portas. A origem deste termo vem de “four-door”, que significa “quatro portas”(na imagem Ford 1937).

Hardtop

Hardtop: Modelo de carro fechado de duas ou quatro portas que não tem colunas ao redor dos vidros. O objetivo era ter um carro com as linhas leves de um conversível, mas com um teto fixo. A GM foi a pioneira na produção destes modelos no ano de 1949. Inicialmente estes eram apenas duas portas, mas o sucesso foi tal que, em 1955, o modelo com quatro portas passou a ser ofertado e com grande aceitação (na imagem um Plymouth 1961).

VEJA TAMBÉM: Vocabulário Hot Rodding – Parte 1.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA